domingo, 15 de novembro de 2009

Imortality Stone

Imortality Stone

Trabalho feito pelos alunos do 3°A para a disciplina de inglês.

video

terça-feira, 10 de novembro de 2009



Internet: Um bem ou um mal?






A internet é um meio de comunicação moderno e eficaz que surgiu para facilitar nossas vidas. Hoje, temos acesso a ela em casa, escolas, Lan Houses e até pelo celular.
Mas até que ponto ela nos é benéfica?

Muitas vezes o abuso dos adolescentes pela internet está diretamente ligado à falta de supervisão dos pais, eles trocam um bom relacionamento familiar por relacionamentos virtuais, tendo comportamentos anti-sociais e gerando desgastes no convívio familiar.
O uso indevido da Internet pode gerar um comportamento compulsivo e em casos mais graves devem ser tratados como vícios semelhantes a toxina. Um jovem que utiliza a internet de forma exagerada está propenso a levar uma vida sedentária, perdendo a noção de tempo e adquirindo doenças relacionadas a má alimentação decorrente da falta de hábitos e horários que são comprometidos devido ao uso excessivo desta ferramenta de pesquisa.
Outro problema que vem preocupando principalmente os professores é a nova maneira de escrever. Formas abreviadas tomam lugar de frases escritas corretamente, e o mais preocupante é que muitos adolescentes estão usando essa mesma maneira de escrever também nas escolas, em redações e provas visto que o critério de avaliação está nas normas cultas da língua portuguesa. Os jovens não vêem mais a internet como fonte de pesquisas escolares, e sim como um local onde se encontram os trabalhos prontos bastando copiar e imprimir, comprometendo assim o conhecimento que seria adquirido através das pesquisas. Sem contar a falta de disposição para ir à escola, ler um livro ou estudar, já que grande parte do tempo é gasto conectado ao mundo virtual.

Cabe a cada um saber usufruir de maneira correta e saudável essa ferramenta de pesquisa, sem deixar que isso comprometa sua saúde e cause transtornos em sua vida social.

quinta-feira, 5 de novembro de 2009

Grade Curricular



A grade curricular é uma divisão de matérias determinada por áreas especificas (Humanas Exatas e Biológicas). Esta foi instituída a partir de 2006 e, foi aderida inicialmente pelas escolas referencia e gradativamente o Estado vem Aderindo. A reformulação da Grade Curricular do Ensino Médio tem como objetivo facilitar tanto estudantes na capacitação de uma área especifica para o mercado de trabalho quanto docentes no aprendizado. Segunda a diretora da E.E. Nossa Senhora do Carmo, Maria Angélica “a proposta é importante, pois, o projeto propõe impulsionar uma democracia Social e Cultural para responder a desafios impostos por processos Globais, que tem excluído da vida econômica os trabalhadores não qualificados, devido à má formação educacional”.
Outro fator apresentado para a mudança na Grade curricular é motivação do aluno a se qualificar em uma área especifica de profissão, conforme sua aptidão, de modo que as aulas tenham maior significado para ele.
Ex.: Um aluno que se interessa pela área de Engenharia Civil certamente escolhera estudar na Grade Ciências Exatas. Por outro lado, um aluno que queira ser um Agente de Serviço Social escolherá Ciências Humanas, desse modo preparar-se-á melhor para o Mercado de Trabalho. No entanto, a mudança da grade, apresenta como fato da exclusão de algumas matérias um problema para os alunos de escolas Estaduais, pois, visto que provas seletivas fora da escola não seguem a nova grade, esse déficit de matérias, pode se tornar um maior gasto para o aluno com pré-vestibulares e/ ou aprofundamento. Visto que os alunos são de escola pública, este gasto talvez não seja possível para a maioria destes.
Percebe-se que grande parte dos alunos, ate mesmo alguns professores não consideram o projeto viável ou como uma forma positiva de mudança. Mesmo que os alunos façam testes vocacionais com psicólogos para facilitar a escolha da Grade ideal, a preferência, gostos e decisões mudam com o tempo.
Observando conforme a citação da professora de língua portuguesa Marilda, é o fato dos jovens ainda serem imaturos para chegarem ao Ensino Médio e ter que decidir de imediato que área escolherá para se profissionalizar. A dúvida, a indecisão e a insegurança são fatores comuns aos jovens que se deparam com a pergunta: “O que devo fazer da minha vida?”.
Se o projeto continuará em vigor e poderá beneficiar os alunos a estarem melhor qualificados para o mercado de trabalho só o tempo dirá.

Tecnologia, um "Mal" necessário



A tecnologia é algo que todos nós temos conhecimento e acesso. Isso através de televisão, rádio, internet e outras coisas mais, que a cada dia tornam-se indipensáveis no nosso cotidiano. Tudo o que fazemos está relacionado ao uso de aparelhos eletrônicos.
As informações têm circulado cada vez mais rápido, a comunicação tem abrangido pessoas no mundo inteiro e o mercado de trabalho de mercado tem exigido do homem conhecimento e domínio sobre a máquina. Esses são alguns dos resultados que a globalização tem trazido aos seres humanos.
No entanto, a praticidade e comodidae oferecidas por esse avanço têm gerado sedentarismo, obesidade e vício em milhares de jovens e adolescentes em todo o mundo. Deixar de comer na hora certa, problemas de relacionamento, forte desejo de acesso à internet, dormir tarde, várias horas em frente a aparelhos eletrônicos e mudança na rotina diária por causa de jogos, filmes, novelas, sites ou músicas são algumas das situações mais comuns na vida de diversas pessoas, começando pelos adolescentes. O reflexo de hábitos como esses está na vida escolar e profissional dos alunos que hoje se mostram dependentes e movidos pela tecnologia.
Atualmente, a falta de atenção, o desinteresse e o pouco rendimento escolar podem ser consequências do uso inadequado ou excessivo de aparelhos tecnológicos na sala de aula. Usar celular e fone de ouvido em momentos impróprios na escola têm se tornado prática cotidiana dos adolescentes, que, por estarem acostumados ao seu uso, já nem o percebe mais.
Mas o que fazer para conter esse costume? É realmente necessária a proibição geral de aparelhos eletrônicos na escola? Essas são algumas das questões a serem pensadas por jovens e adolescentes que fazem uso excessivo da tecnologia.

A juventude na atualidade





Os tempos mudaram, e com ele também a nova geração que vem se tornando cada vez mais alienada.



Atualmente, a juventude vem sofrendo grandes alterações, não só devido às mudanças sociais e políticas, mas também no meio cultura. De acordo com pesquisas realizadas pelo grupo, acontecimentos ocorridos na década de 70 caracterizados pela rebeldia jovem, influenciaram no comportamento da atual geração. Ocorreram diversos protestos, e greves nas universidades, além de passeatas relâmpagos, todas exigindo a derrubada da ditadura e o direito de liberdade. Desde então, uma nova geração de jovens surgem e rompe definitivamente as barreiras da repressão.

Entretanto, com o direito de liberdade garantido surgiu também a curiosidade de experimentar algo novo, explicando assim os altos índices envolvimento com drogas e a sexualidade precoce.

Os adolescentes de hoje são diariamente orientados sobre sexo através dos meios de comunicações, diálogos aberto com o pais, ( de acordo com dados de uma pesquisa realizada com alguns estudantes) aulas de educação sexual na escola etc. Porém, a falta, de maturidade faz que essas informações não sejam colocadas em prática, e o que se observa na vida sexual do jovem, é que aquela liberdade saudável que se buscava na década de 60 já no pertence mais ao nosso cotidiano.

Segundo o psicólogo Mauricio Torselli, do instituto Kaplan, em depoimento à revista VEJA, o sexo deve ser um ato maduro e consciente. " Sexo não é śo uma questão de informação, mas também de maturidade" afirma o especialista. Dados coletados em pesquisa realizads pelo IBGE apontam que no Brasil há mais de meio milhão de jovens grávidas, no qual os números só ficam atrás de acidentes de trânsitos e homicídios.

Para os jovens, atualmente, os momentos de transição da infância para a adolescência dificultam a capacidade de se adaptar ao mundo repleto de perigos e transformações socioeconômicas e políticas, tornando-os alienados e os impedindo de sair imunes das mudanças comportamentais impostas pela sociedade em que vivemos. Se antes, lutavam pela liberdade, hoje pedem uma vida digna com limites.

Os desafios de uma gravidez precoce



A gravidez precoce está se tornando cada vez mais comum na sociedade contemporânea.Os adolescentes estão iniciando a vida sexual muito cedo.
Isso ocorre muitas vezes devido a falta de diálogo entre os pais, os professores e os próprios adolescentes. A maioria dos pais se sentem constrangidos em dialogar sobre esse assunto com seus filhos; outros julgam imoral, ou seja vai contra seus princípios.
Com a falta de diálogo, informações e esclarecimentos, os adolescentes iniciam sua vida sexual precocemente e sem conhecimento sobre as futuras consequências.
Estas por sinal trazem resultados quase sempre negativos.
Diante de tais fatos surge outra polemica, a de mãe solteira. O casal, muitas vezes, não assume um compromisso sério e quando surge a gravidez um dos dois abandona a relação.
Segundo especialistas essas são algumas consequências a curto e médio prazo de uma gravidez indesejada para a jovem:
* Psicológicas
* Educativas
*Socio-econômicas
*Orgânicas
*Relacionais
*Repetição da gravidez
Caso ela decida abortar, pode ocorrer:
*Efeito sobre a fertilidade
*Graves consequências orgânicas
*Problemas legais.
O rapaz também está sujeito a mudanças mas depende da forma como ele assume o papel e a responsabilidade na gravidez.
Quando ambos têm um bom conhecimento sobre como se prevenir, há uma pequena probabilidade de uma gravidez indesejada e um baixo índice de doenças sexualmente transmissíveis.

quarta-feira, 4 de novembro de 2009

Curiosidade



Curiosidades

A origem do nome do blog se deve ao fato de que pombos já são considerados praticamente da membros da nossa escola, além disso o pombo já foi considerado um grande e ágil animal utilizado para correio antigamente.

segunda-feira, 2 de novembro de 2009

Faça a escolha certa



"Quem não sabe para onde ir não consegue chegar a lugar nenhum"


Algumas pessoas já sabem desde de criança o que desejam fazer da vida e que profissão seguir, porém, esta é a realidade para a maioria dos estudantes que já na época de prestar vestibular ainda não se decidiram.Até mesmo os que já sabem querem profissionalmente muitas vezes mudam de opinião, largam a faculdade ou até o trabalho depois de formados e decidem mudar de carreira.E acabam optando por opção totalmente diferente da que seguiam.


Quando criança temos muitos sonhos quem não sonhou em ser um jogador de futebol, veteninário(a) ou professor(a)? Pórem no decorrer do tempo percebemos que a realidade é bem diferente. Mudamos de idéia, pois somos lançados no mundo onde o que importa é o quanto você ganha e quão bem sucedido voçê é finaceiramente. Mas apesar disso é importante sabermos quais são nossas vocações. Com muito trabalho e dedicação todos podemos ser bem sucedidos através de nossas distintas habilidades.


Temos que ficar atentos também ao fato de que muitas profissões estão com o mercado de trabalho saturado, isso não significa que você terá depois de se formar, porém, pode ser tornar mais difícil de se destacar no mercado de trabalho.


Para escolher a profissão não existe a fórmula mágica, mas alguns pontos podem ser levados em consideração na hora que estiver buscando a profissão ideal, como por exemplo, ter iniciativa, ser curioso, cultivar amizades, liberar criatividade, encarar desafios, ter um diferencial, etc. Ajuda também você a investir em cursos extracurriculares, como teatros, línguas, esportes coletivos e informática. Mas antes de tudo devemos nos perguntar o que realmente queremos, ganhar bem ou que gostamos independente de quanto ganhar, tente descobrir o que lhe motiva e quais carreiras que se adaptam a suas caracteríscas.


Se nenhuma das carreiras tradicionais faz sua cabeça, você pode optar por cursos alternativos. Como oc cursos técnicos.


O estudante do futuro

O estudante do futuro é todo aquele que desenvolve a capacidade de descobrir, com entusiasmo crescente, novos aspectos da realidade.

O estudante do futuro afasta de si o tédio, esta sensação imobilizadora. Porque o entediado não entende, e não consegue estender um dedo na direção ao conhecimento.

O estudante do futuro é, por definição, adepto ao estudiosidade, virtude de quem não precisa se obrigado a mergulhar nos livros, a ouvir palestras, a assistir a filmes e peças de teatro com olhos (e ouvidos) de quem observa e absorve novas lições.



O mercado de trabalho


O mercado de trabalho relaciona aqueles que procuram emprego se aqueles que oferecem emprego num sistema típico de mercado onde se negocia para determinar os preços e quantidades de um bem, o trabalho. O seu estudo procura perceber e prever os fenômenos de interação entre estes dois grupos tendo em conta a situação econômica e social do país, região ou cidade.


Gírias: O cotidiano das pessoas


A cada ano que se passa utilizamos uma nova linguagem mais rápida, "as gírias", que vem facilitando nossa comunicação e dificultando a cada dia a lingua portuguesa.As gírias variam entre países, estados e grupos sociais como dos fãs de rap ( atrás da muralha: presidiários, baú : ônibus, bisteca: mulher bonita, dar na pipa: trabalhar), dos carteiros ( a lamba dói: a sacola está muito pesada, amarelinho: uniforme de carteito, estar baba: ter pouco serviço), também tem muitos outros grupos sociais não citados acima como as academias, presídio, grupos musicais, médicos e esportistas.


Alguns exemplos de gírias mais usadas atualmente entre jovens são: mano, parada, cara, brother, tá tirando, dá hora, tá ligado, dedo duro, e aí, etc.Hoje quando jovens vão conversar com seus país ou com pessoas que são mais velhas, ficam "por fora", sem saber sobre o que eles estão falando.


Na escola quando os professores pedem uma produção de texto, podem encontrar várias gírias no texto, pois o jovens estão tão acostumados que nem conseguem perceber o uso dessa nova linguagem .


Nós devemos ter uma atenção maior ao escrever e principalmente na hora de entrevista de emprego, pois voçê será avaliado não só pela aparência como também pela boa influência verbal. A falta dessa atenção pode prejudicar ou causar a perda da vaga de emprego no mercado de trabalh0.